Kick Ass: HQ ou Filme, qual o melhor?

As adaptações no cinema nem sempre tem vida fácil, geralmente os amantes da ‘obra original’ ficam se doendo quando não enxergam 100% do que leram/jogaram no filme, ou pior, quando alguém muda algo, aí é caso de morte.

E dentre o leque de adaptações, a dos livros são as que sempre recebem o maior número de reclamações, pois a pessoa que leu a história acredita que o diretor/roteirista tem a obrigação de colocar todas as páginas, sem esquecer de nenhuma linha, num projeto de 2 horas em média nas telas.

Já com os games o caso é mais complicado visto que, em quase sua totalidade, geram filmes horrorosos e raros são os casos de sucesso.

Para os quadrinhos (HQs) o caminho tem se mostrado mais fácil, talvez até pelo formato mais rápido e curto que ajuda a fazer o efeito reverso do que vemos com os livros, já que aqui o espaço para ‘viajar’ na história é maior nos cinemas. Foi assim que obras como “300” e “Sin City” fizeram tanto sucesso, e mais recentemente tivemos Kick Ass, literalmente chutando bundas e quebrando tudo nos cinemas.

Kick Ass – Quebrando Tudo (HQ)

Talvez seja exagero falar que os quadrinhos de Kick Ass de Mark Millar e John Romita Jr seja a revolução das produções do gênero, mas sem dúvidas foi um novo frescor à tão explorada vertente dos heróis. Trazendo uma história para um lado mais “possível”, falando da juventude atual com todo esqueminha de youtube e tudo mais, ficou fácil conseguir inúmeros fãs mundo afora . A questão é que ainda conseguiram unir muito bem humor (pesado) com muita violência de uma forma bem divertida.

Para quem só assistiu ao filme nos cinemas é bom que saiba que existem diferenças com a história apresentada nos quadrinhos. A essência está lá, temos a Hit Girl e o perdedor (ainda que destemido e persistente) do Kick Ass só que alguns elementos foram alterados e até criados só para o filme.

A presença de Nicolas Cage como o Big Daddy deixou o personagem muito mais interessante nos cinemas do que o dos quadrinhos, inclusive a ‘roupagem’ ´no estilo batman (inspirada em Adam West) surtiu um efeito bastante positivo.

E como as pessoas vão ao cinema quase sempre querendo ver romance, a inclusão de um interesse romântico com um destino diferente ao dos quadrinhos deixou a coisa mais leve e menos “depressiva”. Até mesmo o desfecho é mais triste e duro nos quadrinhos do que no filme.

Talvez tenham alterado simplesmente para que os fãs que já tivessem lido a HQ não fossem ao cinema ver a mesma história que já conheciam, talvez fosse mesmo para deixar alguma surpresa ou novidade no rumo dos acontecimentos, não sei, o que eu sei é que valeu a pena e ficou melhor (o filme).

Li os quadrinhos depois de ter visto o filme e não sei se minha predileção pela adaptação do cinema tem a ver com isto ou se realmente fizeram um trabalho tão primoroso que conseguiu ser ainda melhor do que a obra original, que por si só já é genial.

Related Posts with Thumbnails

Author: Marcio Melo

Analista de Sistemas, amante da sétima arte desde os tempos imemoriais e com muito sangue nerd fervilhando em veias hipertensas, fundou o Porra, Man! com o intuito de comentar sobre cinema de forma descomplicada e fácil de entender. Nas horas vagas torce prum time que nunca vence e mata monstros que não existem.

Share This Post On

35 Comments

  1. Eu nunca li os HG’s (mas tenho curiosidade..)
    E ainda não conferi o filme, pois, ainda não estreiou por aqui, e acho que nem vem para cá… (paciência!).

    Post a Reply
  2. Porra, man! Mais uma vez, parabéns pelo post. Gosto do seu estilo direto e sem frescuras, mas sem perder a inteligência.

    Bom, eu já virei suspeito pra falar de KICK ASS, pra mim o filme mais cool, fodástico, fantabulous do ano! (Mas confesso que aguardo com a mesma ansiedade SCOTT PILGRIM!). Não li a HQ, mas não tenho dúvida de que a adaptação pras telonas fez jus à saga do nosso loser preferido. Por que se o filme, do jeito que é, não for bom (na opinião dos fãs da HQ), então o quadrinho deve ser a oitava maravilha mundial! ^^.

    Post a Reply
  3. A propósito, MAN, queria falar de algo de que sinto falta aqui no seu blog e que vejo com frequência em outros: uma ferramenta de compartilhamento no fim de cada post! Pois seria legal poder, direto daqui, divulgar seus posts no twitter, por exemplo. Bom se já houver – e eu estiver falando besteira -, deixe-os mais visíveis, pois a única opção que vejo é a de te seguir ali em cima, ok? De qualquer forma, fikdik.

    Abraços, man!

    Post a Reply
  4. É fato que os jogos, livros e HQs são sempre mais completos que os filmes. Mas muitas vezes são os filmes que levam outras pessoas a se interessarem pelas suas inspirações!
    Boa.
    Beijos,
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    Post a Reply
  5. Alan, é complicado essa distribuição dos filmes, para quem mora fora dos centros então é pior ainda, o jeito é esperar sair em DVD ou apelar pro download 🙂

    Well, valeu meu caro, eu também aguardo ansioso por Scott Pilgrim. Quanto a ferramente de corpatilhamento tem uma logo no final do post, antes dos comentários, escrito “Share This Post”. Seu toque foi importante, vou trocar por algo mais visível porque este realmente é bem escondido.

    Vanessa, e este é um raro caso em que o filme é melhor do que a obra original em que foi adaptado. Beijos.

    Post a Reply
  6. Pretendo ler em breve a revista, tem um broder que tem.
    eheheheeheh

    Post a Reply
  7. Sorte, Marcio.
    Como não li o quadrinhos não sei.
    Mas que bom.
    Vanessa Sagossi
    comentandoofilme.blogspot.com

    Post a Reply
    • Na verdade Vanessa, não é que os quadrinhos sejam ruins, eles na verdade são muito bons, só que o filme, consegue ser ainda melhor.

      Post a Reply
  8. Eu nao curto muito adptação de quadrinhos para filmes!! Mas vou assistir para conferir!

    Post a Reply
  9. Não ,eu acredito que o quadrinho ficou bem melhor, o retrato da juventude do quadrinho eh mais verídico, afinal qual adolescente nerd de 17 anos que come a menina mais gatinha do colégio?sem contar que a origem da hit-girl no quadrinho eh mais bonita mostra aquele lado do pai que enfia a próprias idéias na cabeça dos filhos.Porem acredito que esse não seria o foco do filme(fazer pensar),e sim inter ter as pessoas q no meu quesito foi 10 filme muito bom mas o quadrinho e melhor ao meu gosto.

    Post a Reply
    • Gostei também dos quadrinhos e o que você tem razão quando fala que a HQ é mais “real”. Só que, mesmo assim, eu ainda acho que o filme funcionou melhor e ficou mais divertido. Mas aceito sua opinião numa boa.

      Grande abraço!

      Post a Reply
  10. Dificil escolher ! Mais quadrinhoss e bem bacana!
    ———————————————————————–
    Convite lockerz –> http://www.AutoLockerz.com.br/euamolockerz

    Rapido, pratico e seguro…entre para o lockerz já, essa e sua chance.

    ” É so deixar o Email, que enviaremos seu convite”

    Post a Reply
  11. Adorei o filme! achei simplesmente genial!!
    so muito curioso para ler os quadrinhos!!

    sabe me dizer aonde que eu poderia encontra-los? pela net?
    pra baixar ou encomendar??

    que por aqui eu não acho

    Post a Reply
    • Em grandes livrarias você pode encontrar Luiz, agora, eu consegui ler através de um amigo que tinha.

      Links eu não tenho, mas pelo hype não deve ser difícil de achar

      Post a Reply
  12. O final do filme é muitoo bom

    mas a hq é sensacional, pensei até que o filme seria curto, o diretor foi bem em adaptar do seu estilo, enquanto na hq os quadros eram mais focados, no filme ele se preocupou bastante em deixar uma visão mais ampla, para que tivessemos uma visão mais “real” dos super herois.

    Post a Reply
  13. é uma questao de ponto de vista mesmo…eu prefiro o HQ

    Post a Reply
    • Concordo Fábio, e quem prefiriu a HQ como você tem razões suficientes para tal. Abração

      Post a Reply
  14. Cara não exite duvida a HQ é muito melhor melhor, so preiso usar uma palavra pra apontar q eu tenho razao: jatpack!
    Pra q porra o roterista colocou aquele final horrivel?!?!?!?!! o horiginal foi muito melhor e mais convincente

    Post a Reply
  15. com o jetpack!ele ficou muito herói dave não é um herói ele é um adolescente.

    Post a Reply
  16. mais eu acredito que o filme tenha um foco diferente,por isso essas adaptações.

    Post a Reply
  17. Miranda e Rafael, o cinema é uma mídia diferenciada e eu gostei da saída, o final original da HQ é mais realista, mas eu ainda acho que no cinema ficou muito mais foda.

    Mas aceito a opinião de vocês 🙂

    Post a Reply
  18. Agora que eu li a HQ posso dar a minha opinião,
    prefiro o filme!!, com uma trilha sonora perfeita e os personagens todos bem representados.

    apesar da hq ser muito boa, achei que a historia fico melhor delineada no filme

    e aquela coisa do big daddy ser um nerd meio alucinado da ideia tiro um poco do “tcham” da coisa,

    Post a Reply
    • Compartilho da sua opinião meu caro, sem desmerecer a HQ que também é sensacional.

      Post a Reply
  19. Preferencias:

    Dave / Filme
    Kick-Ass / HQ
    Hit-Girl / Filme
    Big Daddy / Filme
    Red Mist / HQ
    Ritmo da Historia / HQ
    Final / HQ
    E o filme tem trilha sonora.

    Saldo: Prefiro o filme pq a Hit-girl e o Nicolas Cage estão impagáveis! Além do que a genesis do Big Daddy na HQ é muito esdrúxula

    Post a Reply
    • K-liu, você fez uma análise perfeita e bem fácil de entender, realmente nicolas cage e a hit girl fazem a diferença, mesmo a HQ tendo muitos pontos positivos.

      Post a Reply
  20. Oi, é sempre bom visitar sites diversos de filmes, sempre venho aqui para ver o que tem de novo, mais é a primeira vez que comento.Bem eu acho que quanto a Kick Ass eu não li a hq, mais pelo que tenho lido por ai o filme foi muito bem criticado, é sempre bom ver um filme desse gênero, por mais que muitas vezes eu tenha lembrado de kill bill nas cenas de luta.E a garotinha que causou polemica em alguns sites me deichou mais curioso ainda . Curti o filme! Acho que vou até procura essa hq por ai hehe

    Post a Reply
    • Se você gostou do filme a HQ segue a mesma linha, com algumas pequenas mudanças nos rumos da história, recomendo também!

      []´s

      Post a Reply
  21. Sou fã de HQ’s e li Kick Ass antes do filme.

    Achei ruim (de verdade, decepção do ano para mim). O cara tenta fazer uns lances tarantino e não ficou bom. A realidade, a crueldade da mente humana é alterada no filme. Um romance que deixa o filme apenas com cara de Restart/Crepúsculo, ou seja, algo para agradar molecada. Não deixa claro a crítica em cima da sociedade que cria monstruos como Hit Girl, apenas mostra como grande diversão uma menina que mata horrores, como se isso fosse algo normal e bonito. O final do filme foi ainda mais horrível.

    Enfim, o filme ficou apenas tentando divertir as pessoas com uma menininha assassina, matou a tensão que tem a HQ, final infantil.

    Que Kick Ass II (HQ) tenha uma continuação digna, que Kick Ass II (Filme) não venha.

    Post a Reply
    • Di, eu acredito que tenhamos espaço para as duas coisas, enquanto a HQ tem um tom mais sério e sombrio, o filme tentou uma coisa mais ‘pop’ e, pelo menos a mim agradou bastante.

      Que tenhamos as duas continuações dignas e todos nós fiquemos felizes heheh

      []´s

      Post a Reply
  22. Acho que modificou a aura do filme para agradar a massa, enfim, o pessoal só foi atrás de um público maior (infantojuvenil).

    Dentro daquilo que o filme quis fazer, ficou bom, mas dentro do que é a HQ, ficou ruim.

    ps gostei do porraman.com, vou aparecer mais vezes 😀

    Post a Reply
  23. Eu li a HQ depois de ver o filme… mas eu particularmente achei a HQ além de mais completa é mais bacana que o filme. Mas o filme não fica tão atrás, ficou bem adaptado e muito bom… tanto a HQ quanto o filme são excelentes ^^

    Post a Reply
    • É o que penso Aline, são diferentes mas os dois são excelentes obras. Não fico nesse apego de “tem que ser igual ao original”.

      Mas entendo quem não tenha gostado por querer ver a HQ apresentada no cinema de forma fiel.

      []´s

      Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. Kick-Ass 2 - Crítica do Filme - […] financeiro também que é o mais importante), nada mais natural do que uma sequência. Novamente adaptada da HQ de…

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.